Dieta: O que é e quais o benefícios da medicina ortomolecular

Faz um tempo que sou adepta à medicina ortomolecular. É muito legal poder usar tantos estudos científicos a nosso favor, não é verdade? Colocar nosso corpo em equilíbrio é a meta dessa área da medicina. Como sei que muita gente me pergunta o que é e como funciona eu convidei a Dr. Marielle Merhi para explicar para a gente direitinho o que é, como funciona e qual a importância da medicina ortomolecular na vida da gente. Olha só!

MARIELLE-MERHI--dieta-ortomolecular-

“No Brasil essa prática foi adotada nos anos 80. Atualmente ela já é reconhecida pelo conselho federal de medicina, que estabelece regras para sua atividade. No que diz respeito a área médica, ela tem como propósito atingir o equilíbrio das células e das moléculas do corpo humano por meio de intervenções terapêuticas.

O foco do tratamento está no equilíbrio do organismo a partir da investigação do mal que aflige o paciente (dor, depressão, excesso de peso, desânimo, falta de libido). As opções de tratamento vão desde a mudança de estilo vida e hábitos dietéticos (melhorar a absorção do intestino e principalmente eliminar o hábito e a compulsão por açúcar), até o uso de diagnósticos complementares e medicamentos convencionais, cujo o principal objetivo é atingir o equilíbrio mental e físico do paciente.

Você deve estar se perguntando, quem se beneficia com esta medicina?
Todas as pessoas que desejam prevenir doenças ou melhorar a situação de base.

Os sintomas mais comuns são:
Cansaço maior que o habitual, sinais e sintomas de estresse, sono não reparador, infecções repetitivas, dificuldades sexuais, perda de memória, ganho de peso, falta de massa muscular, ressecamentos da pele, entre outros.
A medicina ortomolecular trabalha para combater os radicais livres que aparecem devido a nutrição errada, sedentarismo, estresse, uso de agrotóxicos, excesso de farinha branca, álcool, cozimento excessivo dos alimentos, excesso de sódio, entre outro hábitos.
O médico, em conjunto com o paciente, tenta fornecer ao organismo nutrientes anti-radicais livres ou substâncias que facilitam no combate aos mesmos.

O paciente com o passar do tratamento pode melhorar:
A pele, cabelo, a composição e distribuição corporal de massa muscular e massa gorda, estresse, cansaço, celulite e o funcionamento dos órgãos internos.
Lembre-se, para bons resultados é fundamental que a pessoa seja dedicada e siga corretamente o tratamento proposto pelo médico.

“A dedicação, corresponde a 50% do sucesso final”
#ProjetoLalaNoleto #DraMarielle #MarielleTeam
#VemProMeuTime

Dra Marielle Andraous Merhi
Diretora Médica da Clinica Belcorp
Goiania-GO
tel: 55 (62) 32332848/32332466

Receita: Nutella Proteica e Funcional

receita-nutella-proteica-dieta

Entre um clique e outro vi essa receita no site da nutricionista Patricia Davidson que me deu água na boca. Ainda não testei (confesso), mas estou LOUCA para preparar para o meu boy. Uma nutella saudável. Não é demais? Ele adora chocolate, nutella em especial, e acho que encontrei um jeito de matar a vontade sem furar a dieta. Não resisti em compartilhar essa delícia aqui com vocês!

Nutella Protéica e Funcional.
Ingredientes:
1 xícara de avelãs (a medida padrão)
200 ml Leite de soja
3 colheres de sopa de cacau em pó puro sem açucar
9 sachês de adoçante Stevia
1 scoop de whey protein (chocolate ou baunilha)

Modo de Fazer:

Pré-aqueça o forno (265 graus) por 15 minutos. Após esse tempo, coloque as avelãs em um tabuleiro e leve para tostar por 10 minutos (essa parte é super importante pois se elas não tostarem o suficiente não vai moer direito e vai ficar cheia de pedacinhos e mais amarga). 
Misture no liquidificador as avelãs tostadas, o cacau, o whey, os adoçantes e o leite, bata na maior potência dele durante uns 5 minutos (bastante mesmo para não ficar grossa), pode ir dando uma mexidinha de vez em quando.
 Depois de pronta guarde na geladeira por 2h!
O resto é no olho, se estiver difícil de bater vá adicionando mais leite (mas se você seguir certinho não vai precisar). Se estiver muito líquido adicione um pouco mais de whey, e bata muito bem.

É a perfeição, serve de pré ou pós-treino, para matar a vontade de doce!! Tem que guardar na geladeira para ficar consistente e gostosa — e dura apenas até 6 dias!

Site da nutricionista aqui! 

Receita: Creme de Amendoim Saudável e Light

Eu adoro creme de amendoim. O famoso peanut butter é uma delícia, mas esses que a gente compra por aí vem cheio de açúcar e várias outras coisinhas do mal que comprometem a nossa dieta. Por isso resolvi compartilhar uma receitinha da minha nutricionista Carol Morais que ensina a fazer um creme de amendoim super saudável e que faz bem para o corpo! Pode acreditar. Tenho certeza que vocês vão amar. Já imaginei enrolar essa pastinha na uva verde… Hum!! Já estou salivando!!!

“Não sei o que aconteceu hoje, mas tive vontade de comer creme de amendoim, sem nunca ter experimentado. Aloka. Na verdade, estava pensando em opções para o biscoito de arroz integral que, normalmente, como no café da manhã ou lanches. Foi quando lembrei dessa opção e, mais que isso, minha mente de nutricionista bioquímica obcecada (chata) já veio listando todas as vantagens. Pah, esse negócio é bom.

Em primeiro lugar, é bom porque é gostoso e, depois, porque é rico emgordura do bem: fundamental, indispensável para nosso metabolismo, células, cérebro, hormônios e conta bancária (rs) funcionar direitinho. Essa gordura, aliada ao teor proteíco, é interessante pois consegue estimular a sensação de saciedade, de maneira neuroendócrina, direto no intestino, com regulação hormonal, conversando com nosso cérebro, deixando a gente satisfeita por muito mais tempo. Esqueci disso e comi o biscoito do cenário do post antes do almoço e passei um tempão cheia. Só consegui almoçar muuito tempo depois. E olha que eu sou um buraco sem fundo, esfomeada, comilona, boa de garfo, linda e gostosa (rs).

Fui atrás de algumas receitinhas do tal creme, pasta ou manteiga, porque as do supermercado eram do tipo sem chance, por causa das gorduras ruins e conservantes adicionados que, como sabem, não trabalhamos!

Basicamente o amendoim já é uma OLEAginosa, ou seja, não é difícil que ele se transforme em manteiga. Para facilitar, normalmente, se adiciona algum emulsificante. No meu caso utilizei óleo de gergelim, mas acho que óleo de cocovai ficar mais gostoso. Ainda adicionei rapadura para adoçar. (Ando a loka da rapadura. Sempre gostei mas, como tem uma anemia que me persegue, ela é uma fonte interessante de ferro. Além de ser delícia doce da vida ao infinito com gosto de fazenda e amor de vó. Apesar de ser açúcar, possui nutrientes envolvidos no metabolismo da glicose. Vejam que loucura a bioquímica da coisa: açúcar que ajuda a metabolizar açúcar. Bioquímica, te amo!!! E pensar que ainda tem gente contando caloria… qua qua qua…),

Bom vamos à receita que, pra variar, tá meio no olhômetro.

Creme de amendoim
Ingredientes
200 gramas de amendoim torrado sem pele
1 pedaço pequeno de rapadura, mais ou menos um cubo de dois dedos (não sei como medir isso gente. Vai pelo gosto e bom senso). Pode ser substituído por mel ou até não usar nada mesmo. Fica delicia sem precisar adoçar
1 pitadinha de sal
Mais ou menos umas 3 colheres (sopa) de óleo de gergelim
Modo de preparo

Colocar tudo no processador e ter paciência que a mistura vai se transformando. Vira uma farofa primeiro, o que penso eu também pode dar um jogo em outras receitas, e depois vai virando uma pasta linda. Bater o amendoim ainda quente fica mais fácil!

Com a pasta pronta me surgiram mil idéias, além de passar na bolachinha de arroz integral, por ela ter uma textura que dá pra manipular pensei logo em docinhos, tipo “brigadeiro”. Aí enrolei, passei no coco ralado e virou uma sobremesa / lanche para dar saciedade e adoçar a vida…

Beijinhos, Carol! ”

creme-de-amendoim-saudavel-dieta-light

Quer mais dicas de saúde e de receitas saudáveis? Clica aqui no blog da nutricionista Carol Morais.