Maquiagem: Base para pele Oleosa

Quem tem pele oleosa aí? Um drama, não é mesmo? Se não tomar cuidado, um produtinho errado e a nossa pele enche de espinhas, cravos e tudo aquilo que a gente detesta. Estou fazendo um super tratamento de pele (depois conto em detalhes sobre isso).

Eu não sei viver sem usar base no rosto. Uma boa base faz toda a diferença na maquiagem. Por isso, resolvi compartilhar com vocês algumas dicas da dermatologista Dr. Ludimila Noleto sobre bases ideais para pele oleosa. A médica explica que “pessoas com pele oleosa podem utilizar base na maquiagem! Mas é essencial frisar que a pele oleosa precisa ser cuidada adequadamente com produtos específicos e o dermatologista saberá como te orientar. Dependendo da base escolhida, esta pode piorar a oleosidade da pele, obstruindo os poros e causando acne”.

E qual é o produto ideal que deveremos escolher? “Se você tem a pele oleosa, deixe de lado as bases compactas e as cremosas. O importante é optar por uma base do tipo “oil free”, que é leve e possui uma estrutura química não gordurosa, para que não ocorra efeitos indesejáveis”, explica a dermatologista.

Seguem algumas regrinhas básicas para escolher a sua base e uma listinha de bases ditas como oil free para você testar.
-Dê preferência ao pancake ou escolha uma base líquida de efeito matte, para disfarçar o brilho da pele por mais tempo.
-O clima da sua cidade pode influenciar na escolha da base.
-Cada pessoa tem uma pele diferente da outra – mesmo sendo oleosa – , portanto o que fica bom para umas não fica para outras. Teste antes!

base-pele-oleosa-maquiagem-beleza

Sou apaixonada por duas dessa lista e tenho em casa a Naked Weightless Ultra Definition Liquid Makeup – Urban Decay e a HD Foundation – Makeup For Ever. Elas têm uma cobertura muuuito bacana para quem tem sardinhas como eu e deixam um aspecto lindo na pele. Você pode encontrar aqui e aqui!

Dicas para uma pele saudável

pele-saudavel-dicas-dermatologista

Umas das coisas que demorei, mas quero aprender a fazer disso um ato diário é cuidar da minha pele. Confesso que sou péssima nesse assunto! Tenho medo/preguiça/duvidas sempre que vou comprar um produto novo ou submeter a algum tratamento. Prometi que esse ano vou cuidar da minha pele. Sei que, como eu, muita gente tem a mesma dificuldade em transformar esses cuidados em rotina, por isso separei algumas regrinhas de ouro, ensinadas pelas dermatologista Ludimila Noleto, para virar mantra na vida da gente para uma pele mais bonita para sempre. Vamos as dicas??? Conta aí, Ludi!

Algumas dicas para ter um envelhecimento saudável da pele

1. Usar filtro solar (FPS mínimo de 15) diariamente, prescrito por um dermatologista e adequado ao seu tipo de pele. Faça chuva ou sol! Dados estatísticos sugerem que 80% da exposição solar de toda a nossa vida ocorre até os 18 anos de idade.

2. Lavar o rosto pela manhã e à noite com um sabonete adequado ao seu tipo de pele e prescrito pelo seu médico.

3. Jamais durma de maquiagem, retirando-a sempre com produtos adequados.

4. Pare de fumar. Além de causar câncer e outros problemas de saúde, o cigarro destrói colágeno, elastina e diminui os níveis de estrogênio, necessário para manter a pele firme.

5. Beba muito líquido. Dois a três litros de água por dia. Evite muito café e refrigerantes.

6. Uma alimentação balanceada e variada (colorida), composta por frutas, verduras, legumes e grãos também reflete, e muito, na saúde e beleza da pele. Reduza gorduras, frituras, açúcares e carne vermelha.

7. Uma boa noite de sono, pode fazer milagres para a pele, favorecendo a nutrição e a desintoxicação do organismo.

8. Hidrate seu corpo todos os dias, com especial atenção para colo, cotovelos, joelhos, mãos e pés. Evite banhos quentes.

9. Usar ativos que promovam renovação celular, assim como produtos que contenham antioxidantes.

10.Combata o estresse. Afinal ele é um dos responsáveis para que as nossas

células envelheçam mais rápido. As tensões emocionais, tais como a

fúria, a frustração, a vergonha podem desencadear a liberação de radicais

livres. Pratique exercícios físicos, o brilho da pele saudável também está

relacionado à liberação de endorfinas.