TOSCANA & PORTOFINO: MINHAS DICAS DE RESTAURANTES!

Não tem como falar da Itália sem falar de comida, não é, minha gente? Cheguei na Toscana com aquela mentalidade: a dieta que lute! Hahaha. Por onde passamos encontramos opções para todos os gostos. Dos mais chiques aos mais simples, todos tinham um denominador em comum: a sofisticação do sabor, dos ingredientes e o bom atendimento. Todos os lugares onde paramos e comemos foram encantadores! Eles foram uma das razões para essa viagem ter sido a cada dia mais surpreendente. Fiquem com essas dicas de restaurantes para vocês se encantarem tanto quanto eu!

FIRENZE 

La Giostra Firenze

Nesse fui seguindo a dica da Ma Tranchesi! La Giostra significa “carrossel” em italiano e é a escolha certa para quem gosta daquele jantar à luz de velas. A iluminação difusa dá ao local uma atmosfera elegante e aconchegante, achei maravilhoso! Eles têm uma adega com as melhores garrafas de vinhos tintos de Florença, alguns extremamente raros, e a comida… pensem numa massa deliciosa! No La Giostra, a cozinha rural toscana e a tradição refinada se misturam perfeitamente. Minhas escolhas foram: Entrada – Stratiatela com mel e geléia de figo; Prato principal – Massa sorrentina e molho de tomate com queijo.

Restaurante Paoli 

O restaurante mais antigo de Florença! Inaugurado em 1827, era ponto de encontro de intelectuais como Leoncavallo, Puccini, Marinetti e Pirandello. Com uma decoração altamente evocativa e afrescos nas paredes, ele foi renovado nas primeiras décadas de 1900 e segue fazendo história até hoje.

Procacci 1885 Firenze

Após mais de 130 anos de história, a Procacci continua a ser referência entre os florentinos pelas especialidades ligadas ao processamento de trufas e à seleção de vinhos. Com vista para uma das ruas mais fascinantes de Florença, o local histórico permaneceu praticamente inalterado ao longo dos anos. O piso Palladiana, assim como a boiserie, são originais de 1910. Lindo, lindo! Os paninis são recheados de matérias-primas selecionadas que derretem na boca. Eu amo os recheados com trufas. Panini com um vinho branco é uma combinação perfeita para uma parada entre um passeio e outro.

Dica bônus de Firenze: Vale a pena experimentar o lampredotto, sanduíche de trippa que é a tradicional comida de rua da Toscana.

CASOLE D’ELSA 

Caffe Casolani

É um lugar fora dos roteiros mais conhecidos, mas lá tivemos um jantar delicioso! Pedi um prato de ovo com trufas, uma cominação perfeita! O Diego pediu um prato de massa com farofa crocante e toque de limão. Surpreendente!

MENSANO

Osteria del Borgo

Localizado no coração de Mensano, os pratos seguem as tradições sienese e valdeliana, usando apenas ingredientes de primeira escolha provenientes da região, preparados de acordo com as antigas receitas que perpassam gerações. Gostamos tanto que voltamos nele outro dia! A entrada foi burrata com tomates, e de prato principal eu pedi a melhor massa trufada da minha vida! O Diego pediu um filé trufado que também estava delicioso.

VOLTERRA

Não lembro o nome do lugar que comemos, mas lá tem várias opções em volta da pracinha principal, todas com ambientes muito acolhedores com uma média de preço de 12 euros por prato.

SAN GALGANO

Ao lado da Abazzia di San Galgano tem uma lanchonete e um restaurante. Decidimos almoçar no restaurante e valeu muito a pena! De entrada pedi bruschetta, prosciutto, rúcula e molho, e o prato principal foi uma bisteca fiorentina super suculenta.

CASTELLO DI CASOLE

Restaurante Tosca

Mistura de tradição do velho mundo com um toque moderno, o Tosca oferece um menu toscano inesquecível com massas caseiras, frutos do mar e ingredientes frescos.

PORTOFINO

Restaurante Delfino

Fundado em 1889 por Maria Viacava com seu marido Capitão Crovari, o restaurante é mobiliado com os tesouros que ele trouxe de suas viagens ao redor do mundo, e recebe muitos clientes famosos ao longo das temporadas de verão. Foi o primeiro restaurante que vimos na praça/porto. Sabe quando você só quer sentar, sentir o clima e viver? Tinha certeza que seria aquele clássico restaurante pega turista, mas não! A comida é DIVINA de verdade. Pedi um prato de massa com vongole para mim e um bolonhesa para as crianças que estava de comer rezando!

Beijos, Lalá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *